quinta-feira, 22 de outubro de 2009

ENTRANDO NO MUNDO “FANTÁSTICO” DA MASTURBAÇÃO:


MASTURBAÇÃO CONCEITO:

A masturbação é o ato da estimulação dos órgãos genitais, manualmente ou por meio de objetos, com o objetivo de obter prazer sexual, seguido ou não de orgasmo, sendo uma prática sexual não-penetrativa. Podendo ser auto aplicada, quando o que promove a estimulação é o mesmo que a recebe ou pode ser aplicada a uma pessoa diferente, quando o que promove a estimulação o promove em outro. O termo foi usado pela primeira vez pelo médico inglês e fundador da psicologia sexual, Dr. Havelock Ellis, em 1898. Foi formado pela junção de duas palavras latinas manus, que significa "mãos", e turbari, que significa "esfregar", com o significado de "esfregar com as mãos".


ENTRANDO NO MUNDO “FANTÁSTICO” DA MASTURBAÇÃO:

Meu irmão mais velho tinha um pequeno armário de madeira onde ele guardava papéis, cadernos de escola e também: as famosas revistas pornográficas! Nossa, ele protegia aquilo a sete chaves, não deixava ninguém mexer naquele armário. E tod@s nós sabemos que o que é proibido: é interessante, é curioso, chama a atenção, né? Pois bem, eu só ficava aguardando o momento dele de deixar o quarto aberto. E esse dia chegou, porque ninguém é perfeito, nem o meu irmão. Teve um dia, que ele teve que sair pra levar um documento na escola e estava atrasado, foi aí que ao sair de casa correndo, acabou esquecendo o cadeado do armário aberto e, sem pensar duas vezes lá estava eu mexendo nas revistas dele. A primeira vez que vi uma revista pornográfica foi com 8 anos de idade, que na verdade eu conhecia pelo nome de “revista de mulher pelada”. Mas o problema maior foi quando eu vi os “homens” pelados lá também. Foi um choque ver homens penetrando mulheres, mulheres chupando homens, mulheres lambendo mulheres, todo mundo junto, acho que na hora me arrependi de olhar as famosas revistas, mas senti uma coisa muito interessante, uma sensação que nunca tinha tido antes: minha vagina ficou muito quente, e formigava como nunca!!! E essa sensação nunca vou esquecer. Rsrsrsrsrsrsr. Daí, anos depois, assistindo o programa global/dominical FANTÁSTICO, soube de um dado interessante na voz de Sérgio Chapelin (se não me engano), que a mulher começa a se MASTURBAR (outra novidade na minha vida) a partir dos 15 anos de idade. E ao ouvir isso, tinha exatamente 15 aninhos!!! Não esperei nem o Fantástico acabar, fui direto pro quarto me masturbar, me tocar e até hoje, nunca mais parei. MUUUIIITOOO BOMMMM!!! Hehehehe.



“CONTEXTO HISTÓRICO”:

Na Grécia Antiga, de moralidade sexual muito livre, comparada à Ocidental atual, a masturbação era um ato sexual usual e aceito como natural. Com a chegada da cultura judaico-cristã no Ocidente, iniciou-se um processo de repressão, por motivos morais e religiosos. Nomeadamente, o desperdício voluntário de esperma (ou sêmen) era pecado grave, punido, algumas vezes, até com pena de morte. Este fenômeno teve dois grandes responsáveis: a Igreja Católica e a Medicina. A Igreja Católica, através do teólogo São Tomás de Aquino, classificou-a como um pecado contra natureza, mesmo pior do que incesto. Ele se baseava na interpretação da narrativa (critica-se, errônea) do Antigo Testamento sobre Onã. A descoberta do espermatozóide, em 1677, motivou a Medicina a se associar à Igreja Católica para qualificar a masturbação como uma doença abominável e um mau moral, uma vez que o espermatozóide veio a ser considerado como um bebê em miniatura.

A repressão da masturbação foi, conseqüentemente, a regra nos Séculos XVII a XIX. Era vista como uma doença que provocava distúrbios do estômago e da digestão, perda do apetite ou fome voraz, vômitos, náuseas, debilitação dos órgãos respiratórios, tosse, rouquidão, paralisias, enfraquecimento do órgão de procriação a ponto de causar impotência, falta de desejo sexual e ejaculações noturnas e diurnas. Em 1758, Samuel Auguste Tissot publica o "Ensaio sobre as doenças decorrentes do Onanismo", em que diz que esta doença ataca os jovens e libidinosos e, embora comam bem, emagrecem e consomem seu vigor juvenil. Criaram-se mitos anticientíficos fortemente negativos acerca da prática da masturbação, visando a desencorajar o ato nos jovens ainda em desenvolvimento psicossexual, o que levou a muitos casos de complexos de culpa, medos e recalcamentos. No entanto, no início do século XX, surgiram novos estudiosos como Sigmund Freud, Kraft-Hebing e Havelock Ellis, com novas linhas de pensamento que levaram a uma visão diferente da masturbação. No entanto, o peso histórico da carga negativa e pecaminosa desta atividade ainda existe em algumas pessoas, inibindo-as da vivência plena da sua sexualidade ou mesmo atrofiando o seu natural desenvolvimento psicossexual. Atualmente, o novo Catecismo da Igreja Católica classifica-a de "desordem moral" a ser vencida pelo crente.

“E pra ser sincera, não podemos deixar que a igreja, ou qualquer outro segmento, use da opressão mental, para atrapalhar a liberdade sexual, a sexualidade, e a busca do prazer das pessoas, né gente??!!”





ALGUNS TIPOS DE MASTURBAÇÃO:


Masturbação masculina:

Existem variações sobre masturbação, que depende de vários fatores, e cada técnica é individual. A maioria dos homens se masturbam ao agarrar o pênis com a mão, passando de cima para baixo ou de trás para frente, dependendo da posição do indivíduo. Outros, que não utilizem todo o lado aderência, pressionam a região do frênulo entre os dedos indicador e médio e o polegar pelo outro lado. Outra técnica é usar duas mãos sobre o pênis, enquanto uma só esfrega seu pênis com um lado e outra estimula os testículos ou mamilos, entre outras partes do corpo.



Masturbação feminina:

As técnicas de masturbação feminina constituem que a mulher pressione e/ou esfregue sua vulva, especialmente o clítoris, com o seu dedo indicador e/ ou dedo médio. Às vezes, um ou mais dedos podem ser inseridos na vagina para promover a estimulação interna. A masturbação pode ser auxiliada com um vibrador, dildo ou bolas Ben-Wa, que também pode ser usado para estimular a vagina e o clitóris.

O texto técnico foi extraído do site: Wapedia



3 comentários:

  1. Sumemo!!! Bóra se masturbar! Prazer acima de tudo com consciência.

    ResponderExcluir
  2. Adorei esse texto...

    Masturbação é tudo!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Ótimo texto!
    Como é prazeroso se informar!

    ResponderExcluir